28 abril 2010

No Algarve: o descanso em Vila do Bispo

De regresso ao mar, à sussurrante calma que chama.
A que a minha alma ama, quando beija de brancura.

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue